De Aluno para Aluno InspirAção

As principais habilidades para ser um líder no mercado atual

No modelo corporativo tradicional, líderes fortes perseguem uma visão singular através do forte comando de uma organização. Hoje, vivemos em um momento de mudanças rápidas, quando os produtos e serviços geralmente se tornam obsoletos do dia para a noite, e a competição é cada vez maior tanto nas vendas como na contratação de novos colaboradores.

Para conseguir gerir uma empresa com foco em produtos e serviços invocadores, líderes precisam se adaptar e entender que as necessidades dos consumidores, colaboradores e do mercado no geral mudaram , e que vão continuar mudando com o surgimento de novas ferramentas como a inteligência artificial, robótica, realidade aumentada e gamificação.

Separei aqui três habilidades cruciais para líderes, que podem auxiliar em uma melhora na gestão da sua empresa ou startup:

1. Comunicação Empática

A consultora internacional Development Dimensions International (DDI) estudou liderança por 46 anos, e em suas últimas pesquisas com mais de 15.000 líderes de mais de 300 organizações em 18 países, a DDI analisou as principais habilidades dos líderes de maior impacto no desempenho de suas empresas, e no topo da lista estava a empatia, especificamente a capacidade de ouvir e responder de forma empática.

Uma descoberta adicional da pesquisa feita pela DDI, foi que apenas 4 líderes em cada 10 analisados possuem essa habilidade. Como líder, se você já possui uma alta empatia na comunicação, ganha uma vantagem profissional genuína, caso contrário, a comunicação empática é uma habilidade necessária a ser desenvolvida.

2. Ser Ágil

O primeiro erro quando falamos para uma pessoa ser ágil é achar que nos referimos para que ela seja rápida, agilidade não é ser rápido, mas sim, adaptável. E para que você consiga alcançar essa agilidade dentro de sua gestão é necessário dar aos colaboradores autonomia, propósito e maestria.

Especificamente dentro da gestão de desenvolvimento de produtos, principalmente os inovadores, existe o reconhecimento que a utilização de processos, ferramentas, documentação, contratos e planos pode ser importante para o sucesso do projeto, mas são ainda mais importantes esses valores:

Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas

Software em funcionamento mais que documentação abrangente

Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos

* Responder a mudanças mais que seguir um plano

Agilidade não é ser rápido, mas sim, adaptável.

3. Saber Delegar

Para que líderes consigam delegar sempre existe a questão da confiança e realmente ela é necessária, onde Klaus Wuestefeld disse “Confiança é a chave do sucesso”.

E dentro da confiança você conseguirá delegar corretamente as pessoas da sua equipe, mas separei aqui cinco grandes mitos da delegação:

  1. Delegar é sinônimo de fraqueza ou incapacidade (Mentira: Você sabe qual é o maior poder que existe?. . . É o poder de dar poder);
  2. Delegar requer que você confie na pessoa (Mentira: Você precisa abrir mão da confiança plena, dar oportunidade as pessoas se não nunca elas vão fazer por conta própria);
  3. Delegar é esperar que a pessoa faça o que você faria (Mentira: ninguém é mais inteligente que ninguém em uma sala, a sala é a mais inteligente);
  4. Delegar é se livrar dos assuntos menos importantes (Mentira: todos os assuntos são importantes);
  5. Delegar é transferir responsabilidade (Mentira: Delegar é compartilhar, é você fazer também).

E quando se fala de delegar, nunca se fala de regras, mas sim, de restrições. A restrição nada mais é que o resultado final esperado junto a melhoria contínua.

Essa é uma pequena lista e se você tem outras habilidades ou dicas importantes para líderes, deixe nos comentários e vamos juntos debater sobre esse assunto!

Por Natan Rabelo

Deixe um Comentário